CREN Vila Mariana planta primeira árvore frutífera - CREN
18598
post-template-default,single,single-post,postid-18598,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-7.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2,vc_responsive

CREN Vila Mariana planta primeira árvore frutífera

árvore frutífera

08 out CREN Vila Mariana planta primeira árvore frutífera

No dia 02 de outubro, os pacientes do CREN plantaram uma goiabeira, a primeira árvore frutífera na unidade de Vila Mariana. A iniciativa aconteceu dentro de ciclo de oficinas “Da Horta à Mesa”, que vem ensinando famílias de pacientes e colaboradores a cultivarem e prepararem seus próprios alimentos. A ação é  apoiada pelo Katia Francesconi Charitable Fund e realizada em parceria com a Cozinha de Verdade.

árvore frutíferaO objetivo principal da oficina é conscientizar as pessoas que a conexão com a natureza e a produção de alimentos faz muita diferença para ter uma vida mais saudável.

Uma das principais frentes de trabalho do CREN no Ambulatório, os grupos abordam aspectos de alimentação, estilo de vida, atividade física e protagonismo juvenil. Os encontros coletivos têm se mostrado uma eficiente estratégia para a educação nutricional e na compreensão da rotina e dinâmica familiar.

Árvore frutífera

No decorrer do dia, os pacientes de ambulatório e a equipe do CREN aprenderam juntos sobre como plantar a árvore frutífera. Após ter sido aberto um buraco no chão para o plantio, foi posta a terra preparada especialmente para a goiabeira. Todos fizeram juntos o plantio da árvore frutífera.

O pé de goiaba foi a primeira árvore frutífera a ser plantada. No entanto, o propósito é criar um pomar nos fundos da unidade de Vila Mariana. O objetivo da organização é transformar o local em um espaço acolhedor para uso dos pacientes e colaboradores do CREN.

árvore frutíferaIncentivo a natureza

Um dos intuitos de plantar uma árvore frutífera é incentivar as famílias a encontrarem outros modos de obter seus alimentos. Léa Regina de Sousa, gerente do CREN Vila Mariana, falou sobre a importância da ação. “É mostrar para as crianças que o suco não vem da caixinha. A fruta não vem da geladeira do mercado. O CREN, como referência em nutrição, precisa proporcionar ao paciente a experiência de mexer na terra, o plantar”, ressaltou ela.

Goiaba, goiabeira

Assim que brotarem e crescerem, o CREN terá em seu quintal uma pequena, porém simbólica produção de goiabas. São frutos com grande fonte de micronutrientes importantes para o organismo.

O CREN contou mais uma vez com o apoio do agricultor social Daniel Vernacci em todo o processo. “É muito simbólico fazer o plantio dessa árvore frutífera hoje. Essa mais uma parte de um ciclo maior da relação com natureza, de uma relação mais integral com o alimento.”