Pilar 3

Inovação, consultoria
e transformação

Nossos projetos

Experiências que Alimentam II

No projeto Experiências que Alimentam II, o objetivo foi ampliar e difundir ações de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) no ambiente escolar, buscando favorecer a segurança alimentar de crianças na primeiríssima infância (0 a 4 anos incompletos), em Centros de Educação Infantil (CEIs).

saiba mais

O projeto aconteceu em 50 equipamentos de educação infantil da Diretoria Regional de Educação de São Miguel Paulista, em São Paulo, em meio à pandemia de COVID19, e enfrentou os vários desafios decorrentes, incluindo o agravamento do panorama socioeconômico e dos índices de vulnerabilidade social e de insegurança alimentar, que transformaram a realidade dos territórios e a relação escola-família.

Neste cenário, o Experiências que Alimentam II foi inserido na interface entre saúde e educação, representando uma ponte entre família e escola e entendendo a EAN como uma estratégia essencial para promoção de saúde e de segurança alimentar e nutricional, mesmo diante dos cenários e contextos mais complexos.

Além dos seus impactos diretos nas crianças, as ações desenvolvidas nos CEIs puderam alcançar o ambiente familiar, uma vez que a educação infantil tende a ter um vínculo mais próximo com as famílias do que qualquer outra etapa de ensino, possibilitando que a EAN ultrapasse os muros da escola e promova transformações em toda a comunidade.

Neste projeto os educadores representam os atores centrais para a concretização das ações de EAN. Assim o projeto buscou ampliar e fortalecer o trabalho realizado por esses profissionais, proporcionando reflexões sobre a temática de alimentação e nutrição no contexto da relação com as famílias e da atuação pedagógica.

Foram desenvolvidos os seguintes recursos pedagógicos destinados ao uso das equipes dos Centros de Educação Infantil e das famílias: material orientador para educadores; recurso pedagógico “experimonte”; cadernos de experiências para famílias e escolas; ambiente virtual para o compartilhamento de práticas e experiências; videoclipe “experibanda” e placas de apoio para as unidades escolares. Esses materiais tiveram a possibilidade de alcançar 7400 crianças na primeira infância.

CREN + Orgânico

O CREN, em 2021, foi convidado a incubar projeto piloto de compra dos alimentos orgânicos ou de base agroecológica para alimentação escolar, em resposta à Lei Municipal 16.140/15. O piloto tinha como objetivo sistematizar o processo de compra de frutas, legumes e verduras (FLV) orgânicos ou de base agroecológica, para alimentação escolar, com a utilização dos recursos públicos destinados ao per capita para a compra da chamada “feira” (recurso direto que os CEIs recebem para a compra desses alimentos) e converter essa experiência em um instrutivo para gestores de CEIs parceiros.

saiba mais

No ano de 2022, o CREN+Orgânico manteve a compra dos alimentos orgânicos do produtor local, possibilitando 100% de legumes e verduras orgânicos na alimentação escolar do CREN e, em média, 50% das frutas, sem aumento nos custos e com flexibilização do cardápio, sem prejuízos na oferta nutricional. Toda a experiência do piloto foi sistematizada em um formato de instrutivo, em processo de publicação.

Cultivando Horizontes

Em 2020, quando começou, o Projeto Cultivando Horizontes (PCH) estava associado ao contexto da pandemia e tinha como proposta fazer uma ponte entre os agricultores da agricultura familiar urbana, que não conseguiam escoar sua produção por causa do fechamento das feiras, e às famílias assistidas pelo CREN que, em parte, enfrentavam o agravamento da insegurança alimentar (IA).

saiba mais

Ao final de 2020, o PCH passou a ser reconhecido como instrumento de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) para a assistência e foi ampliado para toda a população assistida pela instituição. Essa foi marcada, então, como a segunda fase do projeto e foi até agosto de 2022.

Em setembro de 2022, foi realizada parceria com Instituto Malwee e o PCH ganhou formato de programa, com oficinas e metas próprias, ainda que continue associado à assistência. Essa mudança marcou a terceira e atual fase do programa.

O PCH mantém o vínculo com os agricultores (Mulheres do GAU, Sebastiana e Avaí, na Zona Leste/SP, Ananias na Zona Sul/SP e o Instituto Terra-Viva/Sorocaba) e os incluiu nas oficinas a partir de setembro. Ao todo foram entregues na assistência 5520 cestas com alimentos provenientes desses agricultores visando a EAN. As cestas são compostas por 1kg de legumes, 1kg de fruta e 4 tipos de verduras (uma para consumo cru, uma para consumo refogado, um tempero e uma PANC – Plantas Alimentícias Não Convencionais). Também foram realizadas 88 oficinas com temáticas ligadas ao PCH e mais 8 em parceria com o agricultor.

Projeto Vila Reencontro

A Vila Reencontro é um serviço de moradia transitória para pessoas e famílias em situação de rua. Ela tem como objetivo fornecer moradia temporária e contribuir para o desenvolvimento de seus usuários e usuárias, apoiando a reconstrução da autonomia e a saída qualificada da situação de rua.

saiba mais

O CREN atua no favorecimento ao direito humano à alimentação adequada e saudável e no oferecimento de práticas de Educação Alimentar e nutricional para as famílias atendidas.

Horticultura no CREN

O projeto HORTICULTURA NO CREN foi iniciado em 2022, em parceria com a SABESP, com o objetivo de implementar e utilizar folhas, temperos e Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs) originados na própria horta na unidade CREN Vila Jacuí Padre Ticão, como recurso para o tratamento de crianças e adolescentes com má nutrição primária e suas famílias.

Formação em ação – Cuidar de quem cuida: Primeiros mil dias

O projeto “Formação em ação – Cuidar de quem cuida: Primeiros mil dias”,realizado pelo CREN, iniciado em julho de 2023, tem o objetivo de realizar a formação com profissionais das Unidades Básicas de Saúde da Supervisão Técnica de Saúde de São Mateus (zona leste) para fortalecer a atuação na implementação e no incentivo ao Aleitamento Materno e à Introdução da Alimentação Complementar, assim como no cuidado alimentar e nutricional no período da primeira infância, através de ações no território, possibilitando o cuidado integral nos primeiros anos de vida.
saiba mais

Com quatro ciclos de formação compostos por módulos teóricos e práticos, o projeto é marcado pelo compartilhamento de experiências entre os diversos profissionais participantes, que integram equipes de saúde multidisciplinares e de Estratégia de Saúde da Família (ESF). As ações de formação tem o objetivo de cocriar e construir atividades de saúde e educação alimentar e nutricional, visando um melhor acolhimento e um olhar ampliado para as famílias e crianças atendidas no território, tendo como ponto central o desenvolvimento integral de cada uma delas. 

O projeto “Formação em ação – Cuidar de quem cuida: Primeiros mil dias” é realizado pelo CREN em parceria com a Fundação do ABC e com apoio do FUMCAD – Fundo Municipal da Criança e do Adolescente.

voltar ao pilar 3

 

Nossos apoiadores e parceiros

.

Contato
comunicacao@cren.org.br

Unidades
CREN Vila Mariana
Rua das Azaléas, 244, Mirandópolis

São Paulo - SP - Brasil
(11) 3218-2410

CREN Vila Jacuí Padre Ticão
Rua Um, 32, Jd.Matarazzo
São Paulo - SP - Brasil
(11) 3218-2430 | (11) 2541-5206





Copyright © 2024 CREN. Todos os direitos reservados.