A Produção da Violência, Família e Educação | Seminário CREN IEA-USP Unifesp
16562
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-16562,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-7.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2,vc_responsive

A Produção da Violência, Família e Educação

A Produção da Violência, Família e Educação – PARTE 1
 

Os mecanismos de produção da violência e os modos de lidar com a questão foram o foco deste seminário. As formas de ocupação do espaço urbano pelas populações mais pobres revelam o aumento da violência nos vários âmbitos da vida social. As periferias urbanas, as favelas, os cortiços e outros tipos de ocupações clandestinas são o resultado de relações sociais marcadas por conflitos sociais não resolvidos. A formação histórica dos grupos e classes sociais no Brasil, bem como do próprio estado nacional, repercutem na atual constituição do tecido urbano e na composição dos núcleos familiares.

A Produção da Violência, Família e Educação – PARTE 2

 

PALAVRAS-CHAVE:  IEA-USP | Subnutrição | Crianças | Pobreza | CREN | Unifesp | Desnutrição | Violência
PARTICIPANTES:  Ana Lydia Sawaya, Mariangela Belfiore Wanderley, Sandra Maria Sawaya, Sílvia Leser de Mello, José dos Santos Silveira e José Sergio Fonseca de Carvalho.
ANO: 2016