Influência do déficit de estatura nos desvios nutricionais em adolescentes e pré-adolescentes - CREN
16578
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-16578,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-7.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2,vc_responsive

Influência do déficit de estatura nos desvios nutricionais em adolescentes e pré-adolescentes

01-artigoObjetivo
Avaliar a influência do déficit estatural nos desvios nutricionais em pré-adolescentes e adolescentes de baixa renda.
Métodos
Calculou-se o Índice de Massa Corporal a partir do peso e da estatura de alunos da rede pública entre 4 e 8ª séries. Foram utilizadas as tabelas do National Center for Health Statistics de 2000 para crianças e adolescentes e foi considerado excesso de peso Índice de Massa Corporal/Idade ≥P85 e déficit de peso Índice de Massa Corporal/Idade ≤P5. Déficit estatural foi classificado quando estatura/idade foi menor que -1 desvio-padrão.
Foram comparadas as proporções de baixo peso e excesso de peso nos grupos com e sem déficit estatural, de acordo com sexo e faixa etária.
Conclusão
Na presença do déficit de estatura, o excesso de peso foi mais prevalente nos maiores de 12 anos e entre o
sexo feminino. Os meninos sem déficit de estatura mostraram uma proporção maior de excesso de peso em relação aos com déficit de estatura.

 

 

 

Influência do déficit de estatura nos desvios nutricionais em adolescentes e pré-adolescentes

PALAVRAS-CHAVE: Adolescente; Deficiências nutricionais; Estatura.

AUTORES: Carla Danusa da Luz SANTOS, Ana Paula Grotti CLEMENTE,
Paula Andrea MARTINS, Ana Lydia SAWAYA

ANO: 2009

 

PREENCHA O FORMULÁRIO E RECEBA O LINK PARA DOWNLOAD: