Atividades de férias animam a garotada no CREN Jundiaí - CREN
“Que delícia!” Essa foi a frase mais ouvida na oficina de culinária do CREN em Jundiaí, na Casa da Fonte. Com uma programação especial para o período de férias, que contou com o apoio de voluntários da parceira BR Foods e estagiárias em Nutrição, as crianças também participaram de uma oficina de recicláveis, com a exibição de um filme temático da Turma da Mônica, além de uma atividade física dançante.
cren, nutrição, educação, desnutrição, férias
15911
single,single-post,postid-15911,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-7.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2,vc_responsive

Atividades de férias animam a garotada no CREN Jundiaí

DSC_0170

18 jul Atividades de férias animam a garotada no CREN Jundiaí

“Que delícia!” Essa foi a frase mais ouvida na oficina de culinária do CREN em Jundiaí, na Casa da Fonte. Com uma programação especial para o período de férias, que contou com o apoio de voluntários da parceira BR Foods e estagiárias em Nutrição, as crianças também participaram de uma oficina de recicláveis, com a exibição de um filme temático da Turma da Mônica, além de uma atividade física dançante.

Emily, Ana Paula e Daiane

Emily, Ana Paula e Daiane

Ana Paula Leite, mãe de Daiane, 14 anos e Emily Vitória, de 9, acompanhou a oficina de que as filhas participaram no dia 13 de julho. “É bom elas aprenderem a cozinhar, porque uma hora vão crescer e assim não ficam dependendo de ninguém. E elas aprendem o valor do alimento.” Daiane foi tratada pelo CREN Jundiaí desde pequena e hoje está totalmente recuperada de um quadro de subnutrição e baixa estatura. A irmã mais nova também está sendo tratada de subnutrição.

A receita da oficina foi de torta de legumes com sardinha e quando perguntadas se gostaram, todas as crianças, sem exceção, levantaram a mão e várias quiseram repetir o pedaço. As meninas Amanda e Giovanna fizeram questão de guardar a receita para repetir o preparo em casa. “As crianças adoram as oficinas, gostam muito de participar”, avaliou a nutricionista Maria Helena Sindlinger. Para sua colega Juliana Pavan, a presença em programações especiais é muito importante para essa garotada. “Nossas crianças vêm de regiões carentes. Vivenciar essas experiências, seja a oficina culinária, seja assistir um filme escolhido por psicólogas parceiras, que conhecem os meninos, tudo isso são momentos únicos que serão referências no futuro.”